quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Apenas uma boa noite (ou bom dia) pouco convencional

Boa Noite. Apenas um post para não deixar um espaço vazio desde o dia 13. Bom, primeiro a justificativa do espaço deixado: estou colaborando em um outro blog, chamado Rede Social Beta. Então, acabei dando um pouco menos de atenção ao Massa.

Agora, eu não tenho nada em especial para publicar aqui, e desde o início do post estou falando abobrinhas para encher linhas. Então, vamos fazer um pequeno resumo do que aconteceu nessa semana. Como todos vocês sabem, o Megaupload foi tirado do ar (ref.), e o Anonymous reagiu, tirando o FBI e vários outros sites do ar(ref.). 

A todo vapor, o Anonymous ataca site de Justin Bieber e Paula Fernandes (ref.) em protesto pelo fechamento do Megaupload, Caixa e Secretaria de inJustiça de São Paulo (ref.), protestando pela desocupação de Pinheirinho (ref.). 

Enquanto isso, Luíza, que estava no Canadá (ref.) volta ao Brasil (ref.) e descobre que a Monique foi estrupada pelo Daniel no Big Brother Brasil (ref.).

E foi praticamente isso. Quanto a mim, estou bem. Só um pouco queimado de sol após um dia na praia, me contorcendo para digitar com o mínimo de dor. Fiquem bem, caros calafeteiros! E não esqueçam de dar uma olhada nas mudanças que eu fiz nas páginas Sobre o Massa de Calafetar e Quem sou.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Hoje é sexta feira 13!


No final dessa sexta feira, 13 de janeiro de 2012, escrevo que meu dia foi normal. Nem sorte, nem azar. Normalidade, acima de tudo. Um dia praticamente igual a quinta feira, 12 de janeiro de 2012.

Abro os jornais e vejo tiros e balas. Comum, nada que poderia me assustar. Mortes, assassinatos, roubos. Que chato, repetitivo. Descendo mais a página, clicando em outro link, uma criança estrupada alí, um político ladrão aqui, uma bebê abandonada acolá. Sem surpresas.

 Aliais, o que devia acontecer apenas nas sextas-feiras 13 acaba acontecendo todo dia, perdeu a graça. Vamos cantar um Ode ao Mundo e celebrar a Estupidez Humana.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Nunca perca seu dinossauro


Algo um pouco interessante que me perguntaram hoje, e resolvi compartilhar com todos vocês aqui. 
"Como uma pessoa vai perder um dinossauro?"
É interessante, gostei muito da pergunta. Me intriguei, e só aí eu percebi que a maioria das pessoas que viram os vídeos interpretaram 'dinossauro' no sentido literal, aqueles animais pré-históricos. 
Algo que acho que devia ser explicado: dinossauro é uma metáfora. Quando eu fiz os vídeos, eu resolvi misturar um pouco os 2 sentidos e testar o bom-humor das pessoas e a capacidade de interpretação delas. Dinossauro é como se fosse a inocência, o espírito infantil, o amor ao próximo. 
O último verso da música deixa isso explícito ao dizer "mesmo que a vida te derrube, o dino que vive em você estará de pé e te ajudará a crescer"

Mas parece que a maioria das pessoas já perderam seu dinossauro...

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Voltando ao tradicional jeito Massa de Calafetar

Apesar de boa, sofisticava e bonita, a interface Beta do Massa de Calafetar estava apresentando alguns problemas e aceitação negativa dos usuários (e eu!). Por isso, resolvemos a voltar com nosso velho e bom tema, sempre funcional. O Massa de Calafetar entende que o conteúdo é mais importante que beleza.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Feliz ano velho!


Finalmente, chega 2012. Um ano de paz, alegria, amor e felicidade. Pelo menos o que todos desejam, uns aos outros. Todos os anos é isso. Então podemos concluir que a casa ano que passa, a paz aumenta, acompanhada da alegria, do amor e da felicidade, não é?

Somos assim. Sabemos que de 2011 para 2012 nada mudará, a não ser a data. A maioria de nós continuará o mesmo, e todos os anos somos hipócritas o suficiente para dizer que tudo irá mudar após a virada, não fazendo nada por uma mudança real.

Já fazem 2 dias que comemoramos o novo ano, o "novo ciclo", antecipados em uma hora (para os estados que aderiram ao horário de verão), com fogos de artifício e com a maior cara limpa, abraçando a todos os nossos "amigos" e desejando "sinceros" votos de felicidade.

Dois dias, nada mudou. Nada se fez, nada se fará. Feliz ano velho, adeus ano novo.