sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

4S no Brasil: preços abusivos e nada de Siri.

Hoje foi do dia do grande lançamento do novíssimo iPhone 4S, que chegou ao país com direito a festejos e horas em filas. Outra grande novidade também: a partir da meia-noite, a Apple começou a comercializar os aparelhos em seu Website. Lá você pode comprar seu iPhone 3GS, 4 ou 4S ao famoso preço do falecido Tio Jobs. O iPhone 4S, por exemplo custa apenas:
 - 16gb: R$ 2.599,00
 - 32gb: R$ 2.999,00
 - 64gb: R$ 3.399,00
Muito barato, não é mesmo? Mas se mesmo assim o cliente quiser um preço menor, é só ir nas lojas e dar uma pechinchadinha. Na Tim, o modelo de 16gb, desbloqueado sem plano, sai por R$ 1.899, na Vivo por R$ 2.049 e na Claro, R$ 2.100.  A Oi prefere não desapontar a loja online e vender o aparelho de 16gb por um preço ainda maior: 3.549 reais a vista. 

Agora vamos falar de coisa boa! E não, não tem nada a ver com a novíssima TekPix. Tem a ver com as funções dessa belezinha. As 3 únicas principais mudanças do iPhone 4S foi um processador melhor, segundo a Fabricante, até 2 vezes mais rápido, uma câmera melhor, com 8 megapixels e o surpreendente e inovador Siri, o Mágico assistente pessoal, disponível agora para o Brasil, em Português.

Oops, acho que houve um pequeno erro de digitação no parágrafo acima. Qualquer um que esteja por dentro do lançamento do aparelho no País ou tenha pelo menos lido o título do post vai saber que o Siri deixou (muito) a desejar. Além de não estar disponível em língua portuguesa, ele não conhece o Brasil: não fornece informações de trajeto em nosso país. Ele conhece os menores becos de Cupertino, mas nunca ouviu falar das maiores avenidas de Salvador.

Mas nem tudo são cravos, ainda é possível conversar com o assistente em inglês e pedir coisas mais simples para ele, como enviar um e-mail, regular o despertador ou fazer uma pesquisa na Web. Mas a Maçã ainda não forneceu uma data de lançamento do serviço no Brasil, nem mesmo o confirmou. E agora a pergunta que não quer se calar: devo ou não comprar um iPhone 4S?

Minha resposta pessoal seria um grande NÃO. Recomendaria optar pelo iPhone 4. Mas se mesmo assim quiser se sentir o fotógrafo ou ter um Smartphone com um chip ultra rápido, e não ligar de conversar com seu assistente apenas o básico e em alguma língua estrangeira, vá em frente!

Porém minha recomendação pessoal de verdade não seria um iPhone 4, e sim um Android Top. Não se esqueça que estou falando de afeições pessoais, e o Robozinho me cativou de primeira. Trocar o meu exemplar por um Siri poderia ser até uma boa, mas nunca o deixaria de lado apenas por uma Maçã mais rápida. Fica a dica.