domingo, 23 de outubro de 2011

Saudação

Saúdo-vos com um bom dia, uma boa tarde ou uma boa noite. Mas espere, não estão notando a falta de algo? O que falaria para meus leitores madrugueiros?

-Uma boa noite, claro!

É aí que mora o problema! Por que desejaria boa noite para quem está na madrugada e desejo uma boa tarde para quem me lê vespertinamente, ao invés de classificar todo momento que há iluminação natural como dia, e dar-lhes bom dia, assim como faço com a noite?

Problema apresentado. Nada muito grande, que prejudique o mundo, mas algo que venho observando há algum tempo e gostaria de compartilhar com vocês. Por isso, por vezes dou bom dia durante a tarde, por vezes boa madrugada durante a madrugada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário